Resumo do projeto

Uma análise das cirurgias realizadas em todo o Reino Unido e na Escandinávia identificou diferenças na idade em que crianças com fissura palatina eram submetidas à cirurgia de fechamento do palato. Não há atualmente nenhuma evidência confiável que mostre que uma cirurgia primária realizada aos 6 meses de idade produza melhores resultados que uma cirurgia realizada aos 12 meses de idade. No entanto, acredita-se que o momento da cirurgia pode influenciar o desenvolvimento da fala e, por este motivo, é importante investigar o melhor momento possível de se realizar a cirurgia.

No total, 650 crianças com fissura de palato isolada serão convidadas a participar nos centros do Reino Unido, Escandinávia e Brasil. Todos os bebês que participarem do estudo serão submetidos à mesma técnica cirúrgica (técnica de Sommerlad), mas serão sorteados para receberem a cirurgia aos 6 meses ou aos 12 meses de idade. Portanto, a chance dos bebês estarem em um ou outro grupo é de 50%.

As crianças que participarem do estudo serão avaliadas aos 12 meses, 3 anos e 5 anos de idade, quanto ao desenvolvimento da fala e da audição e quanto ao desenvolvimento físico.